• Maria Luiza Cardinale Baptista

Tapete Florido...


Flores no chão, flores se vão,

Também disso é feito o ciclo da vida.

Não há como deter os acontecimentos.

Chega sempre um momento de ir... embora.

Impulsionada pelo vento-tempo,

a suavidade da pétala que floresceu um dia

vibra e voa... arrisca-se num salto libertador.

Solta-se numa espécie de dança-entrega!

Mergulha no cosmo, em busca de si mesma.

Depois, no conforto do encontro com a mãe-terra

Descobre que há encantos em todo canto....

Ali no chão, no entrelaçamento com outros seres-flor,

refaz conexões com substratos geradores de vida

e, finalmente, entende a poesia do voo, de desapegar-se...

Há sempre a esperança de renascer... um dia.


Maria Luiza Cardinale Baptista

(Foto: João Romanini)

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Pazza Comunicacione.

Entre em contato

malu@pazza.com.br